domingo, 11 de julho de 2010

Crianças necessárias

Brincando de lavar louça


Recebo muitos e-mails nesse sentido e fico pensando que desaprendemos a lidar com as crianças.

As próprias crianças desaprenderem a fazer coisas sozinhas.

As férias de inverno são normalmente um pouco mais complicadas no que diz respeito ao "que fazer com as crianças".

Dificilmente nossos pequenos fazem alguma coisa sem a nossa interferência, sem serem vigiadas, monitoradas.

É a condição contemporânea, temos que nos adaptar e inventar meios de viver saudavelmente nesse contexto.

É muito importante que a criança se sinta necessária e não alguém a ser entretido.

Podemos cozinhar com ela diariamente, no jantar ou no almoço, de acordo com nossa disponibilidade, perguntando sua sugestão de cardápio, pesquisando e experimentando receitas.

Fazendo bolo

Temos muitas opções de atividades necessárias mesmo sem sair de casa. Fazer uma pequena reforma, pintar uma parede de cor diferente, mudar os móveis de lugar, encapar almofadas, enfeitar o banheiro com adesivos.

Pintando paredes

Para quem tem jardim, pode organizar um novo canteiro, fazer uma composteira, podar plantas.
Plantando chuchu

Quem vive em apartamento pode fazer um projeto de faxina conjunta, um jardim suspenso, propor algum mutirão no espaço compartilhado do prédio, a produção de um espetáculo beneficente com os primos ou vizinhos.

Faxinando

Todas essas idéias e muitas outras - necessárias - , podem envolver crianças de todas as idades e ser um ótimo projeto de férias, feito diariamente, um pouquinho de cada vez.

No entanto, o cuidado está no "como". A maneira como introduzimos essas atividades, tornando-as interessantes faz toda a diferença. A criança precisa sentir que ela é necessária no processo e nós temos de usar de ludicidade em nossas ações e propostas. 


Dependendo da idade da criança, é apenas uma brincadeira, mas a criança não percebe isso e a sensação de participar da vida familiar de forma real é o que importa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário